Skip to content

Bio

Começou a tocar guitarra aos sete anos de idade com Paulo Valente Pereira na Academia dos Amadores de Música, em Lisboa, passando a estudar com Manuel Morais quando, aos quinze anos, se transferiu para o Conservatório Nacional, onde viria a concluir os estudos de guitarra clássica. Paralelamente inicia o estudo da guitarra flamenca, primeiro de forma autodidacta e mais tarde frequentando cursos com Paco Peña, Gerardo Nuñez e sobretudo com Manolo Sanlúcar.

Começou a apresentar-se a solo e com outras formações instrumentais a partir dos dezanove anos de idade.

Compõe regularmente para teatro e curtas metragens cinematográficas.

Em 2008 recebeu o Prémio Carlos Paredes com o seu álbum “À Espera de Armandinho”, um registo a solo onde transcreve para guitarra clássica obras do grande guitarrista e compositor lisboeta da primeira metade do Século XX – Armando A. Freire.

Viveu no Rio de Janeiro entre 2003 e 2007 onde tocou e gravou com grandes nomes da MPB como Ney Matogrosso, com o qual realizou duas extensas tounés, Simone, Gilberto Gil, entre outros.

Apresentou-se como solista com várias orquestras e formações de câmara como a Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Nacional da Venezuela, Orquestra Clássica da Madeira, Orquestra Chinesa de Macau e Orquestra Sinfonietta de Lisboa.

Apresenta-se regularmente com o “Quarteto Arabesco” tocando obras originais e transcrições para Guitarra e Quarteto de Cordas.

Desde 2015 que desenvolve uma estreita relação musical com a flautista americana Susan Palma Nidel.

Apresenta-se, entre 2013 e 2019, em concertos e em gravações com o nome maior do panorama actual do fado, Mariza.

Integra desde 2013 o colectivo Resistência, combinando esta atividade com os seus próprios projetos pessoais, como o Pedro Jóia Trio, concertos a solo ou em duo, acompanhado por percussão.

Music

Vejam Bem v3

Vejam Bem